22.8.08

Singela homenagem ao Circo de Horrores

Ele subiu o morro sem gravata
Dizendo que gostava da raça
Foi lá na tendinha
Bebeu cachaça
Até bagulho fumou
Jantou no meu barracão
E lá usou
Lata de goiabada como prato
Eu logo percebi
É mais um candidato
Para a próxima eleição
Ah! E lá usou!
Lata de goiabada como prato
Eu logo percebi
É mais um candidato
Para a próxima eleição...

Eeeeeeeeeeeeh!
Ele fez questão
De beber água da chuva
Foi lá no terreiro
Pedir ajuda
E bateu cabeça no gongá
Mas ele não se deu bem
Porque o guia
Que tava incorporado
Disse esse político é safado
Cuidado na hora de votar...

Também disse:
Meu irmão se liga
No que eu vou lhe dizer
Hoje ele pede seu voto
Amanhã manda a polícia
Lhe bater
Podes crer!
Meu irmão se liga
No que eu vou lhe dizer
Hoje ele pede seu voto
Amanha manda a polícia
Lhe bater...

Ele subiu o morro sem gravata
Dizendo que gostava da raça
Foi lá na tendinha
Bebeu cachaça
Até bagulho fumou
Jantou no meu barracão
E lá usou
Lata de goiabada como prato
Eu logo percebi
É mais um candidato
Para a próxima eleição
Ah! E lá usou!
Lata de goiabada como prato
Eu logo percebi
É mais um candidato
Para a próxima eleição...

Eeeeeeeeeeeeh!
Ele fez questão
De beber água da chuva
Foi lá no terreiro
Pedir ajuda
E bateu cabeça no gongá
Mas ele não se deu bem
Porque o guia
Que estava incorporado
Disse:
Esse político é safado
Cuidado na hora de votar...

Também disse:
Meu irmão se liga
No que eu vou lhe dizer
Hoje ele pede seu voto
Amanhã manda os "home"
Lhe bater
Podes crer!
Meu irmão se liga
Porque eu vou lhe dizer
E depois que ele for eleito
Dá aquela banana prá você
Podes crer!

Meu irmão se liga
No que eu vou lhe dizer
Hoje ele pede seu voto
Amanhã manda a polícia
Lhe prender
Podes crer!
Meu irmão se liga
No que eu vou lhe dizer
E depois que ele for eleito
Não arruma emprego
Prá você!

Bezerra da Silva

Nenhum comentário: