22.2.06

Reinaldo Azevedo, sobre o rockstar que se leva a sério... + uma nota

O roqueiro pôs uma faixa na cabeça. Havia o símbolo do cristianismo, a estrela de Davi, do judaísmo, e o crescente, símbolo do islamismo. Oh, grande coragem a deste senhor, não é mesmo? Que lindo o seu ecumenismo pacifista! Ao pôr os três símbolos na testa em nome da paz, ele os igualou, culturalmente, aos olhos do Ocidente. Muito bem! Agora espero que ele vá dar um show em Gaza, sob o governo do Hamas, ou, sei lá, em Teerã e exiba na testa a cruz e a estrela de Davi.

A paz, como sabe Bono, não pode conhecer fronteiras. O chato é que os aiatolás proibiram o rock desde a revolução islâmica. O gorducho rebolante pode dizer no Ocidente que o islamismo, o judaísmo e o cristianismo querem a paz. Tem, então, a obrigação moral de fazer o mesmo no Oriente — e nem precisa ser o “nosso Oriente”, aquele que Edward Said dizia ser distorcido. Que seja lá o deles, o reino de justiça sem fim. Conto com Bono para subir num palco num país islâmico e defender o direito dos judeus à vida, à paz e a um território. Se ele não conseguir, que enfie aquela faixa na lata do lixo.

Eu nunca tinha ouvido U2 e intuí que Bono era um cretino. É o que se entende do meu primeiro texto. Agora eu já ouvi e vi Bono Vox. Já sei distingui-lo de uma fatia de presunto. E ele, vejam vocês, é mesmo um cretino."
Da próxima vez, sugiro como show de abertura o Padre Marcelo.

Esse assunto, digamos, menor serviu de mote a questões maiores:(ainda Reinaldo Azevedo, mas em outro texto)
Ver a moçada de 40, 50, 60 chacoalhando o esqueleto em shows de Mick Jagger e U2 dá conta da nossa tragédia cultural e, se quiserem saber, até política. Há um complô contra a maturidade no país. Não me peçam para dizer a origem. Não sei. Os pais não querem ser pais: sentem-se ainda filhos. (...) Que se tenha depredado supermercado para comprar ingresso para o show do U2, mas não tenha sido necessário nem chamar a polícia preventivamente num protesto contra o mensalão, isso informa um pouco de nosso destino."

20.2.06

boladentro.gov.br

É bem fácil (e pra muita gente, cômodo) meter o malho no governo. Em qualquer governo. Mas, temos que reconhecer, às vezes algum desavisado da máquina tem um piripaco e faz coisas muito úteis a nós, os pagadores de impostos.

O desaviso da vez é o site dominiopublico.gov.br. No site o internauta poderá baixar um monte de e-books gratuitamente. Em várias línguas; o acervo e português me pareceu 'ok' à primeira vista.

A lista de autores me parece franca. Não vi uma predominância de autores que interessariam à impoluta, querida, amada e idolatrada esquerda brasileira. Pelo menos nada fora da normalidade em que vivemos. A predominância natural de idéias da esquerda. Parece, inclusive, que deram folga ao Winston Smith que habita em 9 de 10 corações que batem no stablishment.

Enfim, confiram. dominiopublico.gov.br

18.2.06

Do Zé Simão:

E eu já disse que eu criei a minha própria operação tapa-buraco: toda vez que o Lula fala, eu tapo os ouvidos. Rarará."
leia o resto aqui.

E mais:
E um cara em Santa Teresa, Espírito Santo, botou um cartaz no Fiat 147: 'Vendo'. E um gaiato escreveu embaixo: 'DUVIDO!' Rarará!"

15.2.06

Estupidez tipo expotação

Olha que interessante, vindo da Folha Online:
Brasil defende vitória de Préval no Haiti, mesmo sem 50% dos votos
A proclamação do candidato René Préval como novo presidente do Haiti é a "melhor solução" para a situação do país, segundo avaliação do governo brasileiro. A informação é do assessor do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para assuntos internacionais, Marco Aurélio Garcia.

Segundo ele, os embaixadores dos países envolvidos na crise do Haiti estão reunidos hoje para tentar buscar uma fórmula que, "respeitada a legalidade, possa, de certa maneira, precipitar a proclamação de Préval" como presidente.(sic! sic! sic! )"
Ou, num português talvez mais claro, "respeitada a legalidade, locupletemos todos."

14.2.06

É flagrante ou não é, ô, Dona Folha?

TJ flagra funcionário suspeito de tentar extorquir advogado no Rio
Um funcionário do TJ (Tribunal de Justiça) do Rio foi preso em flagrante nesta segunda-feira suspeito de tentar extorquir R$ 1.500 de um advogado para agilizar o andamento do inventário da mãe dele...

O funcionário foi flagrado por integrantes da Diretoria de Segurança do TJ ao comparecer a um encontro marcado previamente com o advogado. O caso foi registrado na 5ª DP.
Taí um flagrante de meia-tigela... Ou encontrar-se com alguém virou crime? Cadê as provas contra o 'flagrado'? Pegaram o cara com dinheiro ilicitamente amealhado? Um bom advogado solta o rapaz 'com um pé nas costas'.

12.2.06

"Dããã... É mesmo, Seu Berzoini?" e outras nothas...

Entrevista: Ricardo Berzoini
Dirigente do PT diz que Lula terá papel de destaque na campanha da reeleição"
por CorreioWeb
Não me diga!
***
Saddam Hussein decide fazer greve de fome"
Como eu diria aos cinco anos: "Ótimo! Sobra mais!"
***
"Medéias e Jocastas", artigo de Reinaldo Azevedo. Leia já.
Aliás, leia Primeira Leitura sempre.